Please reload

Posts Recentes

A importância do sol para a saúde e o des astre desta civilização

November 21, 2017

"eles dizem que o sol causa câncer eu digo que o Sol causa êxtase " *

 

*um verso de um dos poemas do livro "Infiltrações"

 

 (não deixe de escutar o podcast, aqui)

 

A palavra desastre, que denota eventos dolorosos, nefastos, indesejáveis e ruins significa originalmente “afastamento dos astros”.

 

 

Era muito claro para os antigos de que quando nos afastamos do ritmo maior do cosmos, quando negligenciamos nossa conexão com os céus, coisas ruins acontecem.

 

 

Em culturas antigas, tanto tribais como civilizadas, o poder vital do sol foi sempre honrado e o mistério da ligação inseparável entre vida e Luz era contemplada e cultivada.

 

 

 

 

As cidades e povoados levavam em consideração os ciclos de luz, os pontos cardeais e inclusive as constelações e nuances sutis do cosmos para orientarem sua jornada aqui na Terra.

 

Nossas habitações e arquitetura nos afastam do cosmos, o estilo de vida que prosperou nos centros urbanos nos esconde da mais básica fonte de vida, o sol, e da mais básica fonte de mistério exterior – o céu noturno.

 

Talvez ainda pior do que tudo isso é perceber que o sol é temido como causador de câncer e a noite é temida como ameaçadora, depressiva e é assim evitada com luz artificial e pílulas para dormir.

 

Criamos assim uma aurora pálida e artificial de entretenimento raso e um crepúsculo enjoativo de inconsciência mórbida.

 

A Luz ampla e potente e a Treva desmesurada e generosa foram excluídas de nossas vidas.

 

Baseados grandemente em experimentos com ratos - que são animais noturnos - expostos à radiação ultravioleta - sem o restante do espectro que traria certo equilíbrio, alguns cientistas afirmam que o sol causa câncer.

 

Como lidamos com essas nuvens escuras da medicina petroquímica?

 

O sol, não só é necessário para a vida, mas é curativo e relatos de terapias de exposição ao sol já aparecem na Grécia Antiga, Egito, Arábia, etc.

 

Nos ajuntamentos urbanos, principalmente durante e após a revolução industrial, em que não apenas a exposição ao sol era menor pelos hábitos de vida e ambientes internos mas devido também à poluição da queima de carvão que bloqueava a luz do sol, surgiram em grande escala as chamadas doenças da escuridão – tuberculose  e raquitismo.

 

O melhor método de tratamento da manifestação cutânea da tuberculose , o lúpus vulgaris , era através da luz. Terapeutas concentravam a luz solar com lentes de quartzo nas feridas e manchas da pele. O médico que desenvolveu este tratamento, Niels Ryberg Finsen ganhou o prêmio Nobel em 1903.

 

Rollier, que tratou milhares de pacientes durante 15 anos de prática com helioterapia, não viu sequer um caso de câncer de pele... de fato, ele tratou câncer de pele com a luz do sol...

 

 

 

 

A vitamina D , classificada como vitamina pois foi primeiramente descoberta no óleo de fígado de bacalhau, é diferente de todas as outras vitaminas, pois é produzida pelo nosso corpo e atua de inúmeras maneiras, inclusive como hormônio, os benefícios da vitamina D estão cada vez mais difundidos e abrangem desde a saúde dos ossos, do sistema imune, do sistema cardiovascular, do humor e na prevenção de inúmeras doenças, inclusive do câncer.

 

Além da vitamina D, o sol gera diversas outras respostas fisiológicas no organismo.

 

A luz do sol estimula a produção de cortisol, importante para estar ativo e alerta, dopamina, que modela nossa cognição e percepção da vigília associada ao prazer, bem estar e satisfação.

 

Além disso, o sol também estimula a produção de beta endorfinas, que são da classe dos opioides,  sabemos que os opioides são um dos maiores vícios e problemas atuais.

 

Tomar sol de manhã estimula a produção de melatonina, pela glândula pineal, de noite, o hormônio responsável pelo sono profundo e regenerador, considerada por muitos o antioxidante mais potente do organismo (mas parece que na verdade é a pinolina, substância relacionada também produzida pela glândula pineal).

 

Os benefícios do sol da manhã são devidos aos comprimentos de onda do espectro visível e do infra- vermelho. Não há raios ultra-violeta de manhã, portanto não há produção de vitamina D.

 

Os raios ultravioleta, que co-criam alquimicamemente a vitamina D a partir do COLESTEROL, estão presentes no sol perto do meio dia (das 10:00 às 14:00, variando conforme a região e a época do ano).

 

Para saber um pouco mais sobre a vitamina D e os sintomas de de deficiência, acesse este artigo.

 

Claro que o sol é uma fonte de energia potente, precisamos nos aclimatizar à ela e não exagerar - pois podemos nos queimar. Ao se expor ao sol gradualmente, formamos novas camadas celulares protetoras que impedem a formação de radicais livres e possíveis mutações genéticas pelos raios ultra-violeta.

 

Ironicamente, os filtros solares causam grande produção de radicais livres na pele:

 

Os valores da primeira coluna, mostram o quanto da radiação ultravioleta é absorvida e transformada em calor, a segunda coluna mostra o quanto desta energia reage e gera radicais livres. A melanina que vai se formando com a exposição gradativa ao sol e o DNA das células protetoras absorvem os raio ultravioleta na faixa de 99,9% e apenas 0,1% da radiação se dissipa na forma de radicais livres. Abaixo estão vários ingredientes dos protetores solares com as taxas de absorção e formação de radicais livres.

 

 

É incrível pensar que a luz do sol penetra alguns milímetros através da pele e que quando estamos expostos à luz do sol o volume de sangue aumenta na direção da superfície do corpo - como se o sangue quisesse tomar sol - e de fato, ele toma e existem efeitos bioquímicos detectáveis quando isso acontece, como a produção de óxido nítrico.

 

Lembrando que os raios ultravioleta são bactericidas e higienizam a pele (e possivelmente uma parcela do sangue).

 

 

Documentário de 1940, sobre os benefícios da luz ultravioleta:

 

 

Conferência do Dr. Alexander Wunsch, médico e especialista em fotobiologia:

 

 

* Na seção podcasts você encontra mais informações sobre este tema


 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags
Please reload

  • Facebook ícone social
Arquivo